FRUTAS NA MEDICINA NATURAL

FRUTAS NA MEDICINA NATURAL

ABACATE - O ABACATEIRO É ORIGINÁRIO DO MÉXICO E ACLIMATADO NO BRASIL. PERTENCE À FAMÍLIA DAS LAURÁCEAS, EM QUE SE INCLUEM TAMBÉM A CANELA, O LOURO, O SASSAFRÁS, ETC.

UTILIDADES MEDICINAIS

AFTA - MASTIGAR FOLHAS TENRAS DE ABACATEIRO (BEM LAVADAS).

AMIGDALITE - GARGAREJO COM O CHÁ DAS FOLHAS DO ABACATEIRO. COMBINAR COM CHÁ DE TANCHAGEM PARA MAXIMIZAR O EFEITO.

BRONQUITE - CHÁ MORNO DAS FOLHAS DO ABACATEIRO. O EFEITO É MELHOR QUANDO SE TOMA ESSE CHÁ AS COLHERADAS, MISTURADO COM PRÓPOLIS E CHÁ DE GUACO. DUAS A QUATRO XÍCARAS POR DIA.

CANSAÇO - AFIRMA-SE QUE A FOLHA DO ABACATEIRO CONTÉM PROPRIEDADES REVITALIZANTES. USAR ESPORADICAMENTE O CHÁ JUNTAMENTE COM LIMÃO E MEL.

DIARRÉIA - CAROÇO TOSTADO E MOÍDO BEM FINO. DISSOLVER DUAS COLHERINHAS DESTE PÓ EM UMA XÍCARA DE ÁGUA MORNA. O EFEITO É MAIS POTENTE SE, EM LUGAR DE ÁGUA, FOR UTILIZADO O DECOCTO DOS BROTOS DA GOIABEIRA.

DIGESTÃO, DISTÚRBIOS DA - RECOMENDA-SE O CHÁ DAS FOLHAS DO ABACATEIRO PARA A DISPEPSIA ATÔNICA.

DOR-DE-CABEÇA - COMPRESSAS MORNAS COM O CHÁ DAS FOLHAS NA CABEÇA. CONVÉM TAMBÉM TOMAR ESTE CHÁ.

TOSSE - CHÁ DAS FOLHAS DO ABACATEIRO, MORNO, COM MEL, TOMADO AOS GOLES.

VERMINOSES - LAVAR E MOER BEM A CASCA DO ABACATE E MISTURAR EM PARTES IGUAIS COM CASCA DE LIMÃO RALADO; ACRESCENTAR MEL E TOMAR EM JEJUM UMA COLHER DE SOPA.

ABACAXI - ORIGINÁRIO DA AMÉRICA TROPICAL, SENDO TAMBÉM CULTIVADO EM OUTROS PAÍSES DE CLIMA TROPICAL E SUBTROPICAL. PERTENCE A MESMA FAMÍLIA BOTÂNICA DO GRAVATÁ E DA SAMAMBAIA CONHECIDA COMO BARBA-DE-VELHO, DA FAMÍLIA DAS BROMELIÁCEAS.

UTILIDADES MEDICINAIS

ANEMIA - A ACIDEZ DO ABACAXI FAVORECE A DIGESTÃO E NA ABSORÇÃO DE FERRO. O ANÊMICO PODE, NO INTERVALO DAS REFEIÇÕES, USAR UM POUCO DE SUCO DE ABACAXI DILUÍDO EM ÁGUA E ADOÇADO COM MELADO DE CANA.

DIURESE - O SUCO DE ABACAXI É EXCELENTE DIURÉTICO.

INAPETÊNCIA - O SUCO DE ABACAXI, SEM AÇÚCAR, TOMADO EM PEQUENA QUANTIDADE UMA OU DUAS HORAS ANTES DA REFEIÇÃO, AJUDA A ABRIR O APETITE.

NEFROLITÍASE - PARA AUXILIAR NA ELIMINAÇÃO DE CÁLCULOS, HÁ TRATAMENTOS NATURAIS ESPECÍFICOS. O SUCO DE ABACAXI PODE PARTICIPAR JUNTAMENTE COM OUTROS SUCOS E CHÁS. PODE-SE PASSAR ALGUNS DIAS COM DIETA EXCLUSIVA DE ABACAXI E TOMAR CHÁS COMO O DE QUEBRA-PEDRA, FOLHA DE ABACATE, CANA-DO-BREJO E CAVALINHA. CONVÉM, ENTRETANTO, SEGUIR ORIENTAÇÃO MÉDICA PARA CADA CASO.

ABIU - O ABIU É FRUTO DO ABIEIRO, UMA ÁRVORE DA FAMÍLIA DAS SAPOTÁCEAS, A MESMA FAMÍLIA DO QUIXAXÁ, TUTIRIBÁ, SAPOTI, ETC. ORIGINÁRIA DO PERU, ESTÁ PERFEITAMENTE ACLIMATADA EM NOSSO PAÍS.

UTILIDADES MEDICINAIS

INFLAMAÇÕES - APLICAR LOCALMENTE CATAPLASMA DO AZEITE EXTRAÍDO DAS SEMENTES.

OTITE - PINGAR ALGUMAS GOTAS DO AZEITE DO CAROÇO DO ABIU, MORNO. INFELIZMENTE ESTE AZEITE NÃO É FÁCIL DE ACHAR NO MERCADO.

PULMÕES, DOENÇAS CRÔNICAS DO - FAZER REFEIÇÕES COM A POLPA DO ABIU COZIDA EM ÁGUA E SAL. UTILIZAR MORNO, INCLUSIVE O CALDO, AO QUAL SE PODE ADICIONAR MEL. ESTE CALDO COM MEL PODE SER TOMADO AO LONGO DO DIA, AS COLHERADAS.

ABRICÓ-DO-PARÁ - O ABRICÓ-DO-PARÁ, TAMBÉM CHAMADO ABRICÓ, ABRICÓ-DE-SÃO- DOMINGOS E ABRICÓ-SELVAGEM, É PRODUTO DE UMA ÁRVORE DA FAMÍLIA DAS GUTÍFERAS, A QUE TAMBÉM PERTENCEM O BACURI, O BACOPARÉ, ETC. O FRUTO, DO TAMANHO DE UMA LARANJA, APRESENTA UMA MASSA COR DE ABÓBORA, DOCE E AROMÁTICA, ADERENTE À CASCA. É GERALMENTE MUITO APRECIADO.

UTILIDADES MEDICINAIS

ÁCIDO ÚRICO - USAR ABUNDANTEMENTE O ABRICÓ, FAZENDO REFEIÇÕES EXCLUSIVAS DESTA FRUTA.

CATARRO - PARA AS ELIMINAÇÕES CATARRAIS EM GERAL RECOMENDA-SE FAZER REFEIÇÕES COMPOSTAS PRINCIPALMENTE DE ABRICÓ-DO-PARÁ; MAS NÃO CONVÉM USÁ-LO EM EXCESSO.

FEBRE - CHÁ DAS FOLHAS, NÃO MUITO FORTE. MORNO, AS COLHERADAS.

HIPERTENSÃO ARTERIAL - PARECE ADEQUADA A INCLUSÃO DO ABRICÓ-DO-PARÁ NA ALIMENTAÇÃO DOS HIPERTENSOS.

VERMINOSES - MOER AS SEMENTES. MISTURAR COM MEL E TOMAR UMA COLHER DE SOBREMESA EM JEJUM.

AMEIXA - A AMEIXA É PRODUZIDA POR UMA ÁRVORE DA FAMÍLIA DAS ROSÁCEAS, A AMEIXEIRA, QUE É ORIGINÁRIA DA PÉRSIA, DO CÁUCASO E DA ÁSIA MENOR. ACLIMATADA NOS ESTADOS DO SUL, APRESENTA GRANDE NÚMERO DE VARIEDADES. VÁRIAS OUTRAS FRUTAS PERTENCEM TAMBÉM À FAMÍLIA DAS ROSÁCEAS: AMÊNDOA-AMARELA, NÊSPERA, MORANGO, MAÇÃ, DAMASCO, CEREJA, PÊSSEGO, PÊRA, FRAMBOESA, ETC.

UTILIDADES MEDICINAIS

ANEMIA - A AMEIXA SECA É RICA EM FERRO (3,50MG POR 100G) E, PORTANTO, CONVÉM À DIETA CONTRA A ANEMIA FERROPRIVA (CAUSADA POR CARÊNCIA DE FERRO).

ATEROSCLEROSE - INCLUIR COPIOSAMENTE A AMEIXA FRESCA NA ALIMENTAÇÃO. AJUDA A PREVENIR E A AMENIZAR O PROCESSO.

BRONQUITE - DEVE-SE USAR ABUNDANTEMENTE A AMEIXA FRESCA E AMEIXA COZIDA. MISTURAR MEL E PRÓPOLIS AO CALDO DO COZIMENTO DA AMEIXA E TOMAR UMA COLHER DE SOPA DE HORA EM HORA.

CONSTIPAÇÃO INTESTINAL - TOMAR A “ÁGUA DE AMEIXAS”: DEIXAR DE MOLHO, DURANTE A NOITE, ALGUMAS AMEIXAS E DE MANHÃ TOMAR A ÁGUA E COMER AS AMEIXAS.

RESFRIADO - DESCAROÇAR ALGUMAS AMEIXAS SECAS E ASSAR NO FORNO. QUANDO ESTIVEREM BEM DURAS, MOÊ-LAS FINAMENTE. ACRESCER UMA COLHER DE SOPA DESTE PÓ A UMA XÍCARA DE ÁGUA QUENTE. PINGAR ALGUMAS GOTAS DE SUCO DE LIMÃO E ADOÇAR COM UM POUCO DE MEL. TOMAR QUENTE.

TOSSE - TOMAR A MESMA PREPARAÇÃO INDICADA EM RESFRIADO, AOS GOLES.

AMÊNDOA - A AMENDOEIRA, ÁRVORE DA FAMÍLIA DAS ROSÁCEAS É ORIGINÁRIA DA ÁSIA, PROVAVELMENTE DA CHINA. ALGUNS SUPÕEM QUE SE TENHA ORIGINADO DA SÍRIA. NO BRASIL É COMERCIALMENTE MAIS DISPONÍVEL PRÓXIMO ÀS FESTAS DE FIM DE ANO. A AMÊNDOA CLASSIFICA-SE, DO PONTO DE VISTA NUTRICIONAL, ENTRE AS OLEAGINOSAS.

UTILIDADES MEDICINAIS

ANEMIA - POR SUA RIQUEZA EM FERRO, A AMÊNDOA PODE SER VANTAJOSAMENTE INCLUÍDA NA ALIMENTAÇÃO DOS ANÊMICOS.

CATARRO NAS VIAS RESPIRATÓRIAS - TOMAR ALGUMAS VEZES AO DIA O AZEITE DE AMÊNDOA, NA QUANTIDADE DE UMA COLHER DE CHÁ POR VEZ.

CONSTIPAÇÃO INTESTINAL - O AZEITE DE AMÊNDOAS É LAXANTE. TOMAR UMA COLHER DE SOPA EM JEJUM. LAMENTAVELMENTE, É RARO ENCONTRÁ-LO À VENDA.

FRIEIRA - APLICAR NO LOCAL AZEITE OU ÓLEO DE AMÊNDOA.

DORES DE OUVIDO - TAPAR O OUVIDO COM ALGODÃO EMBEBIDO EM AZEITE OU ÓLEO DE AMÊNDOA MORNO.

TÔNICO - ACRESCENTAR AMÊNDOAS À DIETA. USAR UM POUCO DE AZEITE DE AMÊNDOAS JUNTAMENTE COM AS REFEIÇÕES. ENCONTRA-SE EM BOAS CASAS DE PRODUTOS NATURAIS.

AMORA - SÃO DUAS ESPÉCIES PRINCIPAIS: A PRETA (MORUS NIGRA) E A BRANCA (MORUS ALBA). AMBAS SÃO MEDICINAIS E ALIMENTÍCIAS. A AMOREIRA BRANCA É CULTIVADA QUASE QUE EXCLUSIVAMENTE PARA A CRIAÇÃO DO BOMBYX MORI OU BICHO-DA-SEDA, MUITO COMUM NO ORIENTE. ESTE INSETO ALIMENTA-SE DAS FOLHAS DA AMOREIRA BRANCA. A AMORA PERTENCE À FAMÍLIA DAS MORÁCEAS, EM QUE SE INCLUEM TAMBÉM A JACA, O FIGO, A FRUTA-PÃO, A UMBAÚBA, ETC.

UTILIDADES MEDICINAIS

AFTA - BOCHECHAR COM SUCO DE AMORA PRETA, QUENTE, ADOÇADO COM MEL.

AMIGDALITE - SUCO DE AMORA PRETA, QUENTE, ADOÇADO COM MEL; TOMAR AOS GOLES. PODE- SE TAMBÉM PREPARAR UM XAROPE DESTE SUCO, BASTANDO COZÊ-LO ATÉ ENGROSSAR UM POUCO. FAZER GARGAREJOS COM O XAROPE, OU TOMÁ-LO AS COLHERADAS, DEIXANDO DESCER SUAVEMENTE PELA GARGANTA.

BRONQUITE - INFUSO DA CASCA DA RAIZ PARA COMBATER A TOSSE. TOMAR MORNO, AS COLHERADAS. EM EXCESSO É PURGATIVO. PARA PREPARAR UM INFUSO: DEITAR ÁGUA FERVENTE SOBRE AS CASCAS DAS RAÍZES BEM PICADAS, TAMPAR O RECIPIENTE E DEIXAR ESFRIAR.

CABELO, QUEDA DE - MASSAGEAR O COURO CABELUDO COM O INFUSO DAS FOLHAS DA AMOREIRA.

CATARRO - PARA AS SECREÇÕES CATARRAIS DAS VIAS RESPIRATÓRIAS ALTAS RECOMENDA-SE O GARGAREJO COM O CHÁ MORNO DAS FOLHAS DA AMOREIRA.

DOENÇAS DAS CORDAS VOCAIS - SUCO DE AMORA PRETA, QUENTE, ADOÇADO COM MEL. TOMAR VAGAROSAMENTE.

DIARRÉIA - USAR XAROPE DE AMORA, CONFORME EXPLICADO EM AMIGDALITE. TOMAR NÃO MAIS QUE 2 COLHERES DE SOPA POR VEZ, COM INTERVALOS MÍNIMOS DE 2 HORAS.

BANANA - ORIGINÁRIA DA ÁSIA MERIDIONAL, DE ONDE SE DIFUNDIU PARA A ÁFRICA E AMÉRICA. É UMA FRUTA DELICIOSA, NUTRITIVA E MEDICINAL.

UTILIDADES MEDICINAIS

ANEMIA - A BANANA NÃO É RELATIVAMENTE, MUITO RICA EM FERRO, MAS TENDO EM VISTA SUA BOA ACEITAÇÃO, QUE FACILITA UM CONSUMO LIBERAL, 3 A 5 UNIDADES PODEM CONTRIBUIR APROXIMADAMENTE COM 20 A 30% DA QUANTIDADE DE FERRO REQUERIDA PARA UM DIA.

ASMA - ASSAR A MUDA PEQUENA DA BANANEIRA MAÇÃ, COM RAIZ E TUDO, CORTADA EM RODELAS. DEPOIS, ESPREMER PARA OBTER O CALDO. MISTURAR COM MEL E TOMAR DIARIAMENTE UM CÁLICE.

CONSTIPAÇÃO INTESTINAL - RECOMENDA-SE A BANANA NANICA (OU BANANA D'ÁGUA OU BANANA CATURRA). FAZER, EM JEJUM, UMA REFEIÇÃO, COM ESTA BANANA, CRUA, SEM MISTURAR COM OUTROS ALIMENTOS. PODE-SE FAZER A "CURA DE BANANA".

DESNUTRIÇÃO - A BANANA PODE SER INCLUÍDA NO PROGRAMA ALIMENTAR DE CONVALESCENTES DE DESNUTRIÇÃO, HAJA VISTA QUE É UM ALIMENTO RICO EM CALORIAS E VITAMINAS. SERIA VANTAJOSO INCLUÍ-LA NA MERENDA ESCOLAR.

OBESIDADE - OS OBESOS NÃO DEVEM ABUSAR DA BANANA. É PRECISO USÁ-LA COM REGRA. ALGUMAS REFEIÇÕES ESPORÁDICAS EXCLUSIVAS DE BANANA PRATA (1 OU 2 UNIDADES PEQUENAS SÃO INDICÁVEIS).

PARALISIA - AS DOENÇAS NEUROLÓGICAS QUE LEVAM A PARALISIAS SÃO, ÀS VEZES, TRATÁVEIS COM VITAMINAS DO COMPLEXO B. A BANANA, COMO FONTE DESSAS VITAMINAS, É ADEQUADA NESSES CASOS COMO ELEMENTO DIETÉTICO.

fonte: http://www.agrobyte.com.br/frutas_med.htm